«

»

Envergonhado

Estou absolutamente envergonhado. Não de ser Palmeirense, mas por tudo o que estão fazendo com o Palmeiras.
Envergonhado ao tomar uma cerveja no boteco, ouvir piadas e os adversários terem razão.
Envergonhado por ver o “craque do time”, Valdivia jogar esse futebolzinho lamentável.

Envergonhado por ver um time que recentemente foi campeão de um certame importante, cujo resultado é muito significativo, fazer o que está fazendo no campeonato nacional.
Envergonhado pela diretoria omissa, que sai de férias e é incapaz de colocar alguém para, no mínimo assistir ao julgamento de um dos principais jogadores do adversário que, graças a diretoria atuante, obteve efeito suspensivo.
Enfim, me vejo tentando algo em prol do time, graças na nossa querida Confraria, da nossa paixão e eles nos tratam dessa maneira pejorativa, obscena, nos fazendo de palhaços.
Jamais vou me envergonhar por ser palmeirense, por brigar por esse símbolo e por querer respeito a nossa bela história. Me envergonho pelo que fazem e pelos constrangimentos que nos obrigam a suportar, ao meu ver, sem necessidade alguma.
Fui, sou e sempre serei palmeirense, eternamente Palmeiras, mas não me vejo no estádio em jogo da série B.
Desculpem meu desabafo, estou muitíssimo triste, sacaneado, mas acho que temos algo maior, a SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS.

Um abraço a todos, triste, p… da vida, mas Palmeirense sempre,

Link permanente para este artigo: http://confrariapalestrina.com.br/envergonhado/